domingo, 7 de agosto de 2011

Cubo Negro de Herê Fonseca no Pavilhão das Artes




A exposição intitulada Cubo Negro propõe uma nova perspectiva, descortina e desvenda o trabalho em seu estágio inicial, os primeiros grifos, o começo do ato criativo, como esboço (in)acabado do artista. A expressão esboço expõe a minuciosidade do seu trabalho, isso quer dizer que apresenta o universo da criação com suas sutilezas e particularidades.
Dentro do Cubo Negro o visitante terá o auxilio de uma lanterna para analisar o momento anterior à materialização da obra. Cada um poderá contemplar o processo de criação no qual estão imbricadas as forças instintivas e intuitivas do artista. Herê Fonseca iniciou seus traços em 2006, soma-se em seu ateliê mais de 3.000 desenhos guardados. Quando apresentados despretensiosamente para a pesquisadora Ludmila Brandão, o gesto e a forma dos milhares de traços foram projetados para esta exposição, que agora será compartilhada com o público.
Apenas uma parte do material será exposta, mas é uma parcela significativa para poder entender a unicidade do trabalho deste artista. Cubo Negro é uma instalação, lugar onde o público poderá partilhar de energias diretamente conectadas ao traço do artista.

Aliana Camargo - jornalista











Herê Fonseca é artista plástico.
herefonseca@gmail.com
telefone:(15) 33460669